Nasce Uma Paixão



Aquilo que provamos quando estamos apaixonados talvez seja o nosso estado normal. O amor mostra ao homem como é que ele deveria ser sempre.

Anton Tchekhov

Dia 1 ( não sei se haverá outro )

Um encontro de amigos, casual, muitos conhecidos e não conhecidos, aí todos se apresentam e acabam achando que já são da família. Era noite. Não sabia o que me aguardava, também não sou adivinha.
Uma noite, um olhar apenas, foi suficiente para que eu me sentisse apaixonada ou outra palavra que enquadre, tentei não olhar, mas como fugir de um metro e oitenta de homem, cabelos negros tentamdo ficar grisalhos, olhos, que olhos, penetrantes como se quisesse desvendar todos os meus mistérios, um olhar que diz tudo. E eu? Fiquei tonta, quando percebi estava ao meu lado, estremeci, me cumprimentou segurou a minha mão, não uma segurada qualquer, mas de uma maneira como se tivesse medo tipo, se soltasse não conseguiria mais segurar, meu coração bateu tão forte que eu achava que todos estavam ouvindo as batidas e não largou mais. Vem comigo, e eu, bem, me deixei levar, já não houvia mais a música nem as pessoas parecia que só havia eu e ele. Mesmo assim caminhamos entre os amigos, me apresentou quem eu não conhecia, comemos, bebemos, rimos embevecidos um do outro.
Sua mão ainda segurava a minha e olhávamos constantemente como se não precisasse de palavras para detonar maiores reações. Foi aí que ele chegou bem perto do meu ouvido (arrepiei dos pés à cabeça), não sei seu nome, fui ao seu ouvido também e disse meu nome, e logo falei que também não sabia o dele, adivinhem parece filme mexicano, João Marcos, ai que arrepio. Ficamos ali conversando e chegou minha hora de ir embora.
Ele segurando ainda a minha mão me levou até a varanda, me colou na parede e colou seu corpo contra o meu e aproximando o seus lábios carnudos da minha boca, como se quisesse sorver toda a minha energia, eu perdir as minhas forças e me entreguei ao mais doce beijo da minha vida, aí com aquele olhar penetrante disse: "para você não se esquecer de mim, durma com os anjos".
Meu corpo estava ardendo e querendo mais, pensei esquecer e dormir como?
O melhor está por vir, espero.

Abraços

Luiza